Zumbido tem cura?

Apito, chiado, zunido, barulho nos ouvidos… Esse é o relato de muitos pacientes que procuram o otorrinolaringologista em busca de tratamento para o zumbido.

É importante salientar que o zumbido é um sintoma e não uma doença – e devemos sempre buscar a causa do zumbido.

As principais causas do zumbido são:

  • Uso de medicações que causam zumbido;
  • Labirintopatias;
  • Perda auditivas ;
  • Cerume;
  • Otites;
  • Tumores;
  • Má formações venosas e doenças cardiovasculares;
  • Distúrbios metabólicos (diabetes, doenças da tireoide);
  • Doenças neurológicas;
  • Disfunção de ATM;
  • Deficiências vitamínicas;
  • Doenças músculo-esqueléticas;

 

Diagnóstico: O exame físico no consultório do otorrino, além de avaliação auditiva e exames laboratoriais englobam a abordagem inicial do paciente com queixa de zumbido.  Pode ser necessário exame de imagem como tomografia ou ressonância.

Tratamento: Há diversas medicações para alívio do zumbido. Além disso certas mudanças dietéticas e comportamentais também ajudam.

Atualmente, temos utilizado em casos mais graves, a terapia chamada TRT (Tinnitus Retraining Therapy) que visa a cura do zumbido através da neuroplasticidade e da habituação através de geradores de som, que está revolucionando o tratamento do zumbido.

 

Dra. Izabela Ávila

Otorrinolaringologista

CRM 21570 RQE 12458

www.draizabelaotorrino.com.br

Deixe uma resposta